INSALUBRIDADE, HORAS EXTRAS, SALÁRIO DIGNO E OUTROS SÃO NOSSAS BANDEIRAS EM DEFESA DOS ENFERMEIROS NO PARÁ.

PALAVRA DA PRESIDENTE


Temos plena convicção que os problemas atuais que enfrentamos na conjuntura sindical, não nos impedirão de continuar as lutas em defesa dos enfermeiros do Estado do Pará. São diversas denuncias que recebemos, e todas elas em tempo hábil, estamos dando resposta diretamente, com ações na Justiça do Trabalho.

Iniciamos a palavra da Presidente desta semana, falando da importância em denunciar qualquer irregularidade contra qualquer enfermeiro. No Hospital Dom Luiz I, recebemos a denuncia que não há sala de descanso apropriado; hora extra não paga; não há fornecimento de espelho de ponto mensal; banheiro próximo da sala de estar e chefia de enfermagem; não fornecendo condições de privacidade; alimentação inadequada; número reduzido de enfermeiros; concessão do adicional insalubridade somente no grau de 20% desconsiderando as especificidades de cada setor, e por fim não há sala de isolamento de pacientes. Encaminhamos um documento administrativamente, e não houve resposta por parte do hospital, as providencias serão tomandas junto ao ministério público do trabalho.

No Hospital Municipal de Breves a ação está nas mãos do Ministério Público Estadual, recebemos várias denuncias na época, e entramos com a ação, tentamos dialogo com a gestão municipal para tratar sobre Reforma do PCCR; reajuste salarial; escala de serviço do turno da noite; condições do ambiente de trabalho; concurso público e insalubridade. Após várias audiências, o SENPA estará fazendo um relatório atual das condições de trabalho ao MPE e dando continuidade na denuncia.

No Hospital Jean Bittar, recebemos denuncias que os pagamento de horas extras está incorreto; ausência de fornecimento das copias dos espelhos de ponto; local de repouso precário; fornecimento incorreto dos IPIs e a prática de empregados folguistas que não existe na CLT. O Hospital respondeu o odficio administrativo , porém não anexaram nenhuma prova. Vamos fiocar atento ao cumprimento das soluções dessas denuncias  e o de outros que possam surgir.

No Hospital Porto Dias, o SENPA alguns meses atrás entrou com uma ação no Mistério Público do Trabalho, referente a alteração da carga horaria dos enfermeiros, que ocorreu sem nenhuma discussão com o sindicato da categoria, (Somos contra ao aumento da carga horaria) pelo numero reduzido de enfermeiros, temos a resolução do COFEN pelo dimensionamento pessoal, e condições de trabalho. Já tivemos uma audiência e estamos aguardado a resposta. Também denunciamos o Porto Dias no Tribunal Regional do Trabalho da 8º Região referente a insalubridade, já que setores essenciais recebem apenas 20% e outros setores nem recebem.

Os hospitais dizem que isto é trabalhos administrativos, porém nos sabemos que se ocorre o trabalho dentro do hospital, as áreas são insalubres, umas com graus mais elevados e outros médios, isso é proporcional

Assédios morais, perseguição políticos, Condições de trabalho, número reduzido de enfermeiros por setor, não pagamento de horas extras, não cumprimento de 1 hora para descanso no plantão de 12 horas, sala de descanso inadequada, entre outros casos são importantes os enfermeiros denunciarem, para que possamos realizar todos os procedimentos cabíveis juridicamente.

Em todas as denuncias, colocamos a nossa assessoria jurídica para atuar em defesa dos nossos enfermeiros. Maiores informações entre em contato comigo pelo número 91 98890-0590 ou por email jurídico@senpa.org.br.  Todas as segundas e terças feiras no horário comercial acontecem na sede social os atendimentos jurídico e contábil.

Venha fazer parte também, de nossa entidade, filia-se ao SENPA.

Dra. Antonia Trindade

Presidente - SENPA

Conteúdos relacionados.

Agenda

Sede Sindical

Rua Santo Antonio, 316 Edifício Américo Nicolau da Costa, sala 201/202, entre Avenida Presidente Vargas e Travessa 1º de Março - Bairro: Campina - CEP: 66010-105 - Belém - Pará

Sede Campestre

Rodovia Augusto Meira Filho, 7020 - Km 05 PA 391 (Estrada de Mosqueiro) CEP: 68795-000 - Benevides - Pará

Contatos:
+55 (91) 98890.0590
presidencia@senpa.org.br
Atendimento nos dias úteis no horário comercial.
(91) 3222.8245
senpa@senpa.org.br
(91) 3242.5224 / 99969.9354
juridico@senpa.org.br
+ 55 (91) 99915.1333 / (SMS) 98866.6770
financeiro@senpa.org.br
fone/fax (91) 3242.5022