Direitos trabalhistas, mais perdas. Até quando?

A CGTB e demais centrais sindicais repudiam todas as perdas de direitos trabalhistas que a MP 1045 vem propondo. Direitos que como a previdência social e o fundo de garantia, por exemplo, que foram conseguidos desde a década de 1960 estão sendo retirados sob a justificativa pífia de geração de emprego e renda.

Com todas essas mudanças, somente o trabalhador sai prejudicado. Estamos vivendo o maior retrocesso dos direitos trabalhistas. Estamos caminhando para situações análogas à escravidão, o que é pior, de forma legalizada.  

A MP prevê que o trabalhador seja o responsável por sua contribuição na previdência social como segurado facultativo, para as pessoas que tenham o contrato de trabalho suspenso.

A possibilidade de o empregado ter ainda mais os seus direitos reduzidos na realização de acordo individual com o empregador.

Com a criação de um novo programa de trabalho, o trabalhador não teria o direito ao fundo de garantia, assim sendo retirado um direito social de extrema importância que é assegurado pela Constituição Federal da Republica.

Não suficiente, ainda limita o acesso do trabalhador à justiça. Retirando a sua gratuidade.

Por fim, não bastando as linhas que usurpam os direitos do trabalhador, ainda tem os 'jabutis' que são as matérias estranhas inseridas no texto da lei, que não passam de uma violação da Constituição Federal da República, onde não há respeito pelo princípio democrático e o processo legislativo, quiçá respeito ao trabalhador.

O nosso atendimento está remoto, falar diretamente com a Presidente por whats app. Para dúvidas, denúncias, reclamações e agendamento de atendimento presencial somente as segundas feiras, entrar em contato diretamente com a Presidente Antonia Trindade pelo whats app (91)98890-0590 ou pelo email: juridico@senpa.org.br .

Filie-se, a sua participação é muito importante para continuarmos a nossa luta!

d417fdd0-25d6-438f-870d-b10ca121b810.jpeg  

f0d821b8-aabe-4ab2-b319-faf2fb3384ae.jpeg  

Conteúdos relacionados.

Agenda

SEDE ADMINISTRATIVA ESTADUAL

Rua Santo Antonio, 316 Edifício Américo Nicolau da Costa, sala 201/202, entre Avenida Presidente Vargas e Travessa 1º de Março - Bairro: Campina - CEP: 66010-105 - Belém - Pará

SEDE SOCIAL

Rodovia Augusto Meira Filho, 7020 - Km 05 PA 391 (Estrada de Mosqueiro) CEP: 68795-000 - Benevides - Pará

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO SENPA

De segunda a quinta-feira das 08h as 17h30.
sexta-feira de 08h as 16h30.

CONTATOS E HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO SENPA
DE SEGUNDA A QUINTA-FEIRA DAS 08H AS 17H (SEM INTERVALO)
SEXTA-FEIRA DE 08H AS 16H (SEM INTERVALO).
+55 (91) 98890.0590
Falar com a Presidente Antonia Trindade.
Dias uteis horário comercial
E-MAIL GERAL:
senpa@senpa.or.br
+ 55 (91) 98848.3707
juridico@senpa.org.br
fone (91) 3242.5224
+ 55 (91) 98855.3443
financeiro@senpa.org.br
fone/fax (91) 3242.5022