LEI FEDERAL DIMINUI DIREITOS TRABALHISTAS

25/08/2020 às 11h56. Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas

O Sindicato dos Enfermeiros do Pará (Senpa) repudia o decreto 10.470/2020, publicado nesta segunda-feira (24) em edição extra do Diário Oficial da União. O decreto prorroga por mais 60 dias a suspensão temporária do contrato de trabalho, a redução proporcional da jornada e a diminuição do salário do trabalhador.

Segundo o governo, a adoção da medida é para efetuar o pagamento dos benefícios emergenciais previstos na Lei 14.020/2020, que institui o Programa Emergencial de Emprego e Renda.

A Medida Provisória original (MP 936/2020) previa a suspensão de contratos por até 60 dias e a redução de jornadas e salários por até 90 dias. Em julho, por meio do decreto 10.422, o governo prorrogou o prazo da suspensão de contrato para mais 60 dias e a redução de jornadas e salários para mais 30 dias.

Com o decreto 10.470, a suspensão do contrato de trabalho, redução da jornada e do salário chegam a 180 dias, enquanto durar o estado de calamidade pública na pandemia.

A medida é mais um desrespeito ao trabalhador, como ocorreu quando o Congresso Nacional manteve na última quinta-feira (20) a proibição de reajuste salarial, até 31 de dezembro de 2021, para os servidores públicos.

O Senpa ressalta que nada justifica reduzir o salário, a carga horária ou demissão. Caso o trabalhador seja demitido e outro funcionário seja contratado, o Senpa recomenda que o profissional afetado realize denúncia.

O enfermeiro ou enfermeira que tiver dúvida sobre esta lei pode entrar em contato com o Senpa pelo e-mail juridico@senpa.org.br ou no Whatsapp da presidente Antonia Trindade pelo (91) 98890-0590. Para isso, é importante ser filiado ao sindicato. A ficha de filiação deve ser solicitada pelo e-mail ou Whatsapp acima. O Senpa funciona de segunda à sexta, das 08h às 17h, em dias úteis.

Confira mais detalhes da Lei 14.020 (https://cutt.ly/6fsjfDv).

Veja o que diz o decreto 10.422 (https://cutt.ly/ffsjnJs).

Leia na íntegra o decreto 10.470 (https://cutt.ly/Ofsofyw).


Conteúdos relacionados.

Agenda
FIQUE ATENTO! Assembleias Gerais para os Dissídios Coletivos 2020/2021 ocorrerão a partir do dia 16/12/2019

Tendo em vista a necessidade de observância do quórum legal para a propositura de Dissídio Coletivo perante a Justiça do Trabalho (TRT/8ª Região), o Senpa iniciará, a partir do dia 16/12/2019, a convocação da categoria para o comparecimento em Assembleia Geral.

As Assembleias, que terão como pauta principal a discussão e elaboração da pauta de reivindicações da categoria para o biênio 2020/2021, ocorrerão nas seguintes datas: 16/12/2019, 23/12/2019 e 30/12/2019, a partir das 8h, em primeira convocação.

Confira e divulgue a cópia do edital: Edital - Negociação Coletiva.pdf

A sua participação é indispensável para viabilizar a atuação do sindicato em defesa da categoria, seja mediante negociação administrativa ou judicial.

Em caso de dúvida e/ou esclarecimento, entre em contato através do telefone (91) 98890-0590 (WhatsApp da Presidente) ou e-mail juridico@senpa.org.br.

SEDE ADMINISTRATIVA ESTADUAL

Rua Santo Antonio, 316 Edifício Américo Nicolau da Costa, sala 201/202, entre Avenida Presidente Vargas e Travessa 1º de Março - Bairro: Campina - CEP: 66010-105 - Belém - Pará

SEDE SOCIAL

Rodovia Augusto Meira Filho, 7020 - Km 05 PA 391 (Estrada de Mosqueiro) CEP: 68795-000 - Benevides - Pará

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO SENPA

De segunda a quinta-feira das 08h as 17h30.
sexta-feira de 08h as 16h30.

CONTATOS E HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO SENPA
DE SEGUNDA A QUINTA-FEIRA DAS 08H AS 17H (SEM INTERVALO)
SEXTA-FEIRA DE 08H AS 16H (SEM INTERVALO).
+55 (91) 98890.0590
Falar com a Presidente Antonia Trindade.
Dias uteis horário comercial
E-MAIL GERAL:
senpa@senpa.or.br
+ 55 (91) 99969.9354
juridico@senpa.org.br
fone (91) 3242.5224
+ 55 (91) 99915.1333
financeiro@senpa.org.br
fone/fax (91) 3242.5022