SENPA DEFENDE DIREITOS DOS ENFERMEIROS EM BRASÍLIA

 


A Dra. Antonia Trindade, presidente do SENPA e a da Dra. Marileia Silva, vice presidente, participaram nesta quinta-feira (11) de uma reunião na Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da saúde em Brasília DF. A reunião ocorreu após a deliberação de uma reunião anterior com o Ministério Público do Pará na última sexta feira (05).

Entre a pauta, o Processo Seletivo Simplificado, que deverá ocorre no prazo de 90 dias, podendo ser prorrogado por igual período. Este processo das Organizações Sociais novas será aberto, onde todos terão o direito de participar, mais os profissionais enfermeiros que trabalhou, e que renunciaram o seu seguro desemprego, terão um vantagens nos critérios da seleção pelo tempo que trabalhou na saúde indígena em detrimento dos que vão concorre pela primeira vez, para garantir a continuação no emprego. Esta é uma conquista do SENPA, e o Ministério Público ratificou o pedido em ata.

O SENPA ao solicitar o pedido teve como objetivo pensar na valorização do profissional enfermeiro que estão por vários anos trabalhando e que contribuíram com o fortalecimento na saúde indígena, que no exercício  da sua profissão tiveram habilidade, responsabilidade e dedicação no trabalho, e serão avaliados pela empresas neste sentido. 

A SPDM, que continuará no Disei de Altamira também fará um PSS, e estas é a condição do PSS interno previsto na licitação feito pelo Ministério da Saúde.

Para aqueles que desejarem em não participar do Processo Seletivo Simplificado, terão garantido o seu seguro-desemprego.  Também foi discutido os casos de mulheres gestantes que terão a indenização pela empresa atual e os casos de trabalhadores que estão doentes, cada caso será analisado com bastante cautela.

O SENPA reuniu com a representação das três Organizações Sociais novas, e ratificou a proposta encaminhada do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019, com data base em Maio. Uma proposta para que daqui a 15 dias haja mais uma rodada de negociação administrativa. Houve a solicitação do SENPA, e que foi garantido pela SESAI - MS, que não haverá a diminuição do valor do salário base e nenhum direito já conquistados com a SPDM.

Esta é a politica de SENPA, defender os enfermeiros em qualquer localidade do Pará, e fazer que os Direitos Trabalhista sejam cumpridos pela empresas, sindicatos patronais, pelas Organizações Sociais, e em todos os setores onde os enfermeiros estejam, seja público ou privado.  É preciso que os enfermeiros tenham a clareza que estas conquistas só é possível com a participação de todos nas diversas lutas.

 Maiores informações, entre em contato com SENPA, pelo telefone 91 98890-0590 ou pelo email: senpa@senpa.com.br. O SENPA avisa que todas as segundas e tercas-feiras acontecem o atendimento jurídico e contábil, no horário comercial.

Conteúdos relacionados.

Agenda

Sede Sindical

Rua Santo Antonio, 316 Edifício Américo Nicolau da Costa, sala 201/202, entre Avenida Presidente Vargas e Travessa 1º de Março - Bairro: Campina - CEP: 66010-105 - Belém - Pará

Sede Campestre

Rodovia Augusto Meira Filho, 7020 - Km 05 PA 391 (Estrada de Mosqueiro) CEP: 68795-000 - Benevides - Pará

Contatos:
+55 (91) 98890.0590
presidencia@senpa.org.br
Atendimento nos dias úteis no horário comercial.
(91) 3222.8245
senpa@senpa.org.br
(91) 3242.5224 / 99969.9354
juridico@senpa.org.br
+ 55 (91) 99915.1333 / (SMS) 98866.6770
financeiro@senpa.org.br
fone/fax (91) 3242.5022